Superalimentos são um conjunto de alimentos com um alto teor de nutrientes de origem vegetal, que apresentam vantagens para a saúde. No entanto, não fazem milagres quando consumidos em pequena quantidade e não substituem uma alimentação ou estilo de vida saudável.

Ou seja, não devemos basear uma dieta somente nestes superalimentos, mas completar a alimentação com eles para que acrescentemos os benefícios destes enquanto temos uma alimentação equilibrada que promova o bem-estar. Se não tivermos um regime alimentar saudável, o efeito dos superalimentos pode ser negativo e contribuir para desequilíbrios alimentares.

Alguns superalimentos que possa conhecer são por exemplo o açafrão-da-índia que pode ter uma ação anti-inflamatória e de reforço da imunidade; o açúcar flor de coco que tem vários minerais como o ferro, potássio e o zinco; cânhamo que contribui para a saúde cardiovascular e manutenção muscular; matcha que é um tipo de chá verde que tem propriedades antioxidantes; spirulina, é uma alga verde com proteína, vitamina B12, ferro, ómega-6 e antioxidantes, que podem promover uma ação antimicrobiana, a saúde intestinal na melhoria do metabolismo e ainda é útil com os níveis do colesterol.

Siga-nos na sua rede favorita.