Segundo o jornal ‘The Telegraph’, depois da morte de Philip, Carlos e William vão juntar-se numa reunião de cúpula para distribuir funções antes desempenhadas pelo duque de Edimburgo, bem como tomar algumas decisões relativamente ao afastamento dos duques de Sussex e à ‘reforma’ de príncipe Andrew.

Os príncipes vão essencialmente decidir o futuro das próximas gerações da monarquia e quantos membros da família vão trabalhar na íntegra na realeza, quem são e quais as suas tarefas.

Como o próximo rei do trono britânico, Carlos terá o maior controlo nas decisões, porque estas irão afetar o seu reinado diretamente, no entanto, William também terá uma grande influência porque as decisões do seu pai, afetarão também o seu reinado um dia.

Siga-nos na sua rede favorita.