Há até pessoas que o fazem como rotina. Todas as noites ligam a televisão somente para adormecerem mais rapidamente, mas este hábito é prejudicial para a qualidade do sono e não só.

A explicação para este hábito é normalmente que o volume baixo da televisão pode ser relaxante e ajudar a adormecer, outro é que enquanto estamos a ver televisão vamos cansando o nosso cérebro e assim, realmente, temos sono mais rapidamente.

Um novo estudo publicado na revista JAMA Internal Medicine afirma que dormir com a televisão ligada apresenta um fator de risco para “aumento de peso, excesso de peso e obesidade”, neste estudo descobriu-se que reduzir a exposição a luzes artificiais (não só da televisão, mas também) que era uma “intervenção útil para prevenção da obesidade”.

A maioria dos estudos neste departamento dizem-nos que o que realmente deteriora a qualidade do sono é a exposição e utilização da internet e redes sociais antes de dormir, no entanto também a televisão tem este efeito, se bem que pode ter alguns aspetos positivos – por exemplo: no caso de insónias, a televisão ajudar a adormecer ou distrair-nos de pensamentos/preocupações que não nos permitem adormecer.

Adormecer com a televisão ligada significa mais exposição a luz azul, esta pode interferir com a qualidade de sono, pois suprime a produção de melatonina – a hormona responsável pelo ciclo do sono, e pode tornar-se um processo mais retardado. Esta pode também afetar o relógio biológico, afetando a dieta e a atividade física.

Deixar a televisão ligada enquanto estamos a dormir perturba o ciclo do sono, com as mudanças de som ou mesmo de claridade, isto resulta num sono não restaurador. Por isso, se tiver o hábito de adormecer com a televisão ligada, coloque um temporizador para esta se desligar sozinha.

Recomenda-se que antes de dormir não se esteja com telemóveis, computadores ou televisões, para que o cérebro possa relaxar e preparar-se para uma noite de sono.

Siga-nos na sua rede favorita.